projeto Capital Social - Formação Caleidos

Ir para o conteúdo
       
CAPITAL SOCIAL  projto do Caleidos Cia contemplado na 27ª edição do Programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.

Capital Social, foco do projeto,  é um conceito que pertence à contabilidade e à sociologia. Em uma sociedade cada vez mais regida pelo universo do contábil, o conceito migrou destes campos para a fala comum e atualmente é uma espécie de mercadoria a ser negociada nas interações sociais.

Para a contabilidade, Capital Social é o valor financeiro investido pelos sócios na abertura de uma empresa; é o valor inicial da empresa. Para Pierre Bourdieu, pensador francês que delimitou o termo para a sociologia, Capital Social é uma categoria do Capital. É um tipo de valor ligado ao indivíduo ou à sua classe social que se relaciona diretamente com a reprodução do sistema ou com a hipótese de mobilidade social.
Para Bourdieu, Capital é poder e se expressa numa tipologia com três categorias: capital econômico, capital social e capital cultural.

Em nossa sociedade, conforme a vivemos nesse início de século - regida pelos mercados, tendo como ideal de vida o dinheiro, medida pelo desempenho individual, ameaçada pela depressão e pelo cansaço, guiada por coaches e livros de autoajuda financeira - Capital Social se torna o mote de interesses econômicos travestido de relações sociais.

O afeto perde espaço para o lucro e o capital se apropria das relações. Investigar por meio da dança as dinâmicas, conexões e reações corporais dessa realidade é a proposta do Caleidos Cia para dois anos de trabalho e comemorar seus 25 anos de atuação.


este projeto prevê:

- 2 espetáculos
- 18 apresentações
- 4 residências artísticas
- 4 trabalhos dos residentes
- 4 intervenções urbanas
- 6 rodas de conversa
- 4 workshops
- 128 horas de curso de formação
- 1 publicação comemorativa
- 8 performances formativas
- 2 eventos de poesia
- 44 artistas envolvidos

Fundada por Isabel Marques em 1996, e codirigida por Fábio Brazil desde 1998, o Caleidos Cia. de Dança desenvolve trabalho cênico nas interfaces entre a dança e a educação. Pautada pela investigação sobre a interatividade na dança contemporânea, o Caleidos pesquisa as relações entre a dança, a poesia e o jogo cênico, dialogando com os princípios de Rudolf Laban e Paulo Freire.
Em seus 23 anos, produziu 25 espetáculos em duas linhas de trabalho: a lúdica, que propõe jogos de dançar para todos os corpos e a linha crítica, pautada em reflexões sobre direitos humanos e cidadania. Apresentou-se em diversos estados do Brasil e no exterior, dialogando com públicos de diversas idades e culturas corporais

conhecer outros cursos e atividades do
 
SALA DE VISITA
– residência artística no Caleidos Cia
Receber artistas/docentes visitantes no Caleidos Cia. para realização de diálogos e trabalhos artísticos em partilha de saberes com o público em geral. Agregar diferentes artistas de diferentes linguagens para construir junto aos artistas do Caleidos Cia e o público uma gama potente de saberes e fazeres. Serão quatro visitantes, cada um de uma área artística compartilhando ideias e saberes com o público. Neste primeiro momento das Salas de Visita os compartilhamentos com o público serão online; um ENCONTRO - roda de conversa online sobre a trajetória artística e profissdonal dos criadores convidados  - e um PERCURSO - uma experiência criativa com cada visitante. Cada SALA DE VISITA trará uma área de conhecimento e princípios de ação específicos de suas epistemologias, são elas: o Teatro Documentário, a Educomunicação, o Teatro do Oprimido e a Videodança. As SALAS DE VISITA visam a formar novas redes de relações e ampliar o escopo da dança trabalhada pelo Caleidos Cia, proporcionando a todos os envolvidos outros modos de conceber, criar, fazer e pensar a arte da dança a partir de interlocuções com outras áreas de conhecimento e criação.
inscrição para
Sala de Visita
com a Cia. Etc.


É doutorando e Mestre (2016) em Artes pela ECA/USP, especialista em Mídias na Educação pelo MEC (2013), licenciado em Educomunicação pela ECA/USP (2016) e radialista graduado pela Universidade São Judas Tadeu (2002). Atua como Educomunicador, Arte/Educador e Fotógrafo.

Artista da Danca, diretor da Cia Etc, sediada no Recife desde 2000 com criações e pesquisas em dança e videodança. Formação acadêmica em Comunicação Social (Jornalismo), pela UFS, especialização em Dança pela Faculdade Angel Vianna/Compassos Cia. de Danças.

COREÔ online - apresentação do Caleidos Cia Compartilhamento de finalização dos cursos Dança Educação e Direitos Humanos

Ciclo de encontros:
Dança Educação e Direitos Humanos
três cursos para pensar o ensino de dança na perspectiva dos Direitos Humanos.

    realização

Voltar para o conteúdo